Como se comportar em uma entrevista de emprego?

Durante uma entrevista, o candidato tem que ser verdadeiro, responder as perguntas de forma tranquila, direta e sem rodeios, humildade, não tentar ser aquilo não é, ficar atento a cada pergunta, manter uma linguagem intelectual e corporal adequada, pois tudo será avaliado.

Colocar-se em um nível que é o oposto da própria capacidade, das habilidades necessárias para o cargo, qual compromisso o candidato terá com a empresa? Nenhuma, a mentira se tornará um hábito, o profissional passará até por cima dos seus colegas de trabalho para subir de cargo e para alcançar os seus objetivos a todo custo. E deixará de lado o mais importante, que são os objetivos e metas esperadas pela empresa, pois ela remunera o funcionário em troca dos seus serviços prestados de sua competência e de suas habilidades profissionais para aquele determinado cargo.

O entrevistador colherá as informações do candidato para serem analisadas, se o perfil do mesmo é compatível com o da empresa, se é aquilo que o empregador está buscando no mercado no momento.

Logo abaixo algumas perguntas que com certeza constará no questionário do entrevistador:

1. Conhecer o candidato primeiramente, exemplo, ‘fale um pouco sobre você’.

É de grande importância a primeira impressão, pois são as que ficam registradas, o entrevistador atentará á cada resposta vindas do entrevistado. Ser claro, objetivo, ir direto ao assunto conta muito neste requisito, não querer encher muita linguiça, pois mostrará que não está seguro de si; tem que passar que você corresponde ás expectativas da empresa; por isso que se candidatou aquela determinada vaga;

2. Será avaliado o conhecimento do candidato sobre a empresa, o que você sabe sobre a organização? E sobre o cargo que está concorrendo?

Imagine você buscando aquela determinada vaga e não sabe nada sobre a organização, sua filosofia, objetivos e metas a serem alcançadas, sobre o setor que pretende ocupar, fica um pouco vago, tem que ter alguma intimidade com aquilo que estar buscando.

3. Por que escolheu a área de sua formação?

Se a vaga for à área de sua formação, explique o seu percurso escolar, o que o levou à formação nesta área, o que mais o motivou. Pode desenvolver um pouco mais a fala, pois a sua formação não foi do dia para outro, teve um longo percurso para chegar aonde chegou, fale mais dos seus esforços e dedicação. E se a vaga que estiver concorrendo for dissemelhante da sua, explique o porquê da escolha em atuar em outra área específica, quais seus objetivos, o que tem á oferece à organização no ponto de vista profissional.

4. Quanto tempo está desempregado? Por que deixou o antigo emprego?

O entrevistador quer saber se o seu desligamento da empresa foi por motivos de crise, podemos dizer econômicas, ou por motivos pessoais. Para não se atrapalhar, diga apenas que durante todo tempo que permaneceu na empresa deu o máximo de si, desenvolvia bem o seu trabalho, se a mesma precisasse fazia hora extra sem exigir remuneração. Aqui também você poderia dizer que o motivo da demissão foi pela busca do seu crescimento profissional, novas e melhores oportunidades de carreira.

5. Habilidades e organização: como você faz para organiza o seu tempo?

Seja direto, mas não diga apenas que conseguem se organizar facilmente, cite como realmente você faz no dia a dia no trabalho para não acumular tarefas.

6. Você se preparou para essa entrevista?

Mostre que você fez sua tarefa de casa, que buscou primeiramente conhecer a empresa, seu seguimento, sua filosofia, visão antes de se candidatar à vaga, nem que tenha sido apenas pelo site da organização, e se buscou conhece-la pessoalmente, melhor ainda.

7. Quais seus objetivos a curto prazo? Quais seus objetivos a longo prazo?

São seus objetivos profissionais, fale de suas expectativas a curto prazo que pretende alcançar ocupando aquela vaga, e também das expectativas profissionais da evolução do cargo ao qual se propõe a ocupar e da sua somação na equipe de trabalho, é muito importante.

8. Como se comporta no ambiente de trabalho?

Diga que é pontual, comprometido, responsável, que é bem flexível e que sabe trabalhar em equipe, criativo, dinâmico.

Obs.: no momento em que o entrevistador te dê espaço para perguntas, se têm alguma dúvida sobre a empresa e sobre o cargo que pretende atuar pode ser muito bom ao seu favor. Outra dica é manter o fogo da pergunta, devendo abordar perguntas estratégicas, isso mostrará ao entrevistador que você tem conhecimento sobre o cargo disputado e o seu interesse em trabalhar naquela empresa.

Acima foram citadas algumas perguntas que poderão cair no questionário do entrevistador, claro que, várias outras poderão constar no questionário, o dever de cada um é buscar conhece-las mais a fundo para quando chegar o momento da entrevista não se perder.

Durante o período de experiência será avaliado tudo aquilo que foi dito por você na entrevista, se realmente foi verdadeiro em suas respostas. Terás um tempo de experiência para mostrar o seu trabalho as suas habilidades profissionais. Claro que, existem outros requisitos de extrema importância que o candidato deve seguir à risca antes de começar uma entrevista de emprego, segue abaixo algumas dicas cruciais para ter o sucesso desejado:

Homens

A Linguagem Corporal (gestos, postura, expressões faciais, movimento dos olhos entre outros), modo de se expressar, evitar gírias como (tá ligado, saquei a parada, ai mano, truta), a maneira de se sentar, de se vestir, usar um terno se o cargo que está concorrendo exigir um look mais social, sapatos engraxados, corte de cabelo, barba feita, escovar os dentes e usar um enxaguante bucal para dar aquele hálito mais agradável.

Mulheres

Também vale para as candidatas alguns requisitos acima citados para os homens como outros citados abaixo:
Não vestir de maneira vulgar, usar uma roupa mais larga, camisa com cor mais neutra sem muito decote, calça de preferência preta alinhada, um sapato com menos salto, não abusar muito na maquiagem, usar brincos com o seu formato de rosto, o modelo do cabelo, até a cor do esmalte tem que ser levado em conta. Para ambos, um perfume mais neutro é sempre uma boa opção, sem aquele cheiro muito forte, pois tem pessoas que não gostam. Podemos concordar que, se o candidato busca àquela determinada vaga, e vai representar a empresa, vestir a camisa da mesma logicamente não só sua capacidade intelectual, mais também sua imagem terá que ser avaliada, a imagem diz muito sobre o profissional e é avaliada com certeza pelo entrevistador.

As organizações buscam pessoas comprometidas, dispostas a dar melhor de si para o seu crescimento, para o alcance de suas metas, aquele profissional que tenha facilidade em adaptações, mudanças, e que veja o seu trabalho não só apenas como um meio de remuneração. Isso o tornará valioso para empresa.

Enfim, ninguém sabe tudo, o aprendizado é contínuo, o profissional tem que ficar atento as oportunidades e precisa estar realmente disposto a crescer, em aprender, mostrando o profissional que realmente é e que seja flexível, pois ás mudanças se faz necessárias para que os processos organizacionais sejam realizados de maneira eficaz atendendo assim a empresa em todos os aspectos.

Referências
CHIAVENATO, I. Gestão de Pessoas: O Novo Papel dos Recursos nas Organizações. Rio de Janeiro: Editor Campus, 1999.

SENAC. DN. Recursos Humanos, Administração e qualidade/ Neise Reitas da Silva; Claudio Ulysses Ferreira Coelho; Renato Barraca. Rio de Janeiro; Ed. SENAC Nacional. 1999. 72p. Inclui biografia.

Créditos: 
http://www.rhportal.com.br; http://bit.ly/2lBER2e.

Por: André Cardoso Santos.


 





Comentários

Não existem comentários para esta publicação.

Copyrights © 2015 & Todos os Direitos Reservados a SLRH Recursos Humanos.